A Poil les Poils !

Nathalie DECOSTER, sempre acompanhada de seu fiel mensageiro “homenzinho”, explorando um novo mundo dos pelados!
No pensamento coletivo, o assunto certamente flerta com o “proibido” … e é precisamente isso que interessa Nathalie DECOSTER, ver as coisas como elas são e não como gostariamos que fossem!
Quebrando tabus, superar os padrões estabelecidos e as condiçoes que nos fazem acessar sua própria verdade.
aguçar os sentidos, as emoções, o instinto e a espontaneidade, cuja idéia subjacente é simplesmente a auto-aceitação e nao a repressão ” O que nos dira entao”, então sujeito do novo tema de Nathalie DECOSTER.
Então, criativamente, esta alegoria assume a forma de um fenômeno surpreendente nos confins da metamorfose do bronze,
infalível materia prima, se extingue, nasce, cresce, evolui,como pêlos de todos os tipos, penas, peles de uma dimensão voluptuosa e sensual.
Nathalie DECOSTER nos fala delicadamente, com infinita simplicidade, ao comum dos mortais a poesia e a simplicidade infinita do encontro comum, mortal, o relâmpago, o amor, a intimidade, a sexualidade como um fenômeno natural para construir!
Sugere-se a necessidade de introspecção e a solidão como a pedra angular das etapas constituintes do seu próprio modo de vida, cada etapa em forma de “Renascimento” torna-se um desejo de condução para avançar ainda mais, com humildade, e um dia atingir o grande “nirvana” e quem sabe, talvez o “Setimo céu”!!!!!!!!!

Veja outros temas

FILOSOFIA